Como remover nódoas de azeite e óleos

Remover nódoas de azeite e óleos pode ser uma verdadeira dor de cabeça.

Contudo, não desespere! Confira as próximas dicas para saber como remover nódoas de azeite e óleos.

Azeite

  • Esfregar a nódoa com um bocado de flanela embebida de uma mistura de amoníaco e água; cobrir a parte manchada com magnesia e esfregar ligeiramente; deixar secar e sacudir o pó que ficou aderente ao tecido.
  • As nódoas de azeite nos pavimentos de madeira, tiram-se por qualquer dos seguintes meios:
  1. Lavando-as com um soluto aquoso de carbo­nato de potássio, a 10°/o.
  2. Aplicando sobre elas espuma de sabão, que se deixa secar e esfregando-as, depois, com um trapo molhado em álcool desnaturado.
  3. Esfregando-as com um trapo embebido em pe­tróleo e, quando este estiver quase seco, lavando-as com água e sabão.
  4. Pôr sobre a nódoa um pouco de estopa embebida de álcool desnaturado, lançar-lhe fogo e lavar, depois, com benzina.
  5. Cobrir a nódoa com gesso seco ou greda e pas­sar-lhe por cima um ferro quente. Repetir a opera­ção as vezes precisas para que a nódoa desapareça.

Esta última receita é aplicável, também, às nódoas de azeite nos ladrilhos e nos mármores.

Óleos

  •  As nódoas de óleos eliminam-se lavando-as com benzol, ou com um soluto aquoso, a,10°/o, de tetracloreto de carbono.
  •   Sendo as nódoas sobre a madeira, esfregá-las com um trapo embebido de gasolina e, logo que está se evapore, levá-las com água e sabão. Comprimir sobre a nódoa qualquer pó absorvente como farinha de arroz ou carbonato de magnésia.
  • As de óleos minerais nos tecidos de cor tiram-se impregnando-as de azeite, que se deixa actuar durante meia hora. Depois, elimina-se o azeite aplicando no tecido qualquer pó absorvente e fervendo o tecido numa lixivia de soda cáustica.
  • Deixar os tecidos imersos, durante 24 horas, numa mistura de: 100 gramas de sabão, 24 de amo­níaco e 12 de terebentina, que se dissolveram na quan­tidade de água precisa para completar o volume de dois litros.
  • Banhar a parte manchada numa mistura de 550 centímetros cúbicos de fenol (ácido fénico), 400 de sa­bão e 9 litros de água, deixando-o imerso nela du­rante 5 horas.
  • Esfregar bem as nódoas com um trapo molhado em clorofórmio ou álcool puro.
  • Sendo as nódoas em tapeçarias, limpam-se com uma pasta que se prepara amassando greda com água e que se deixa em contacto com as nódoas um ou mais dias, conforme a sua extensão e profundidade.
  • Desaparecida a nódoa, escova-se o tecido com uma escova forte, para tirar a greda aderente. É conveniente juntar à greda um pouco de magnésia calcinada, em pó.

 Com estas dicas vai conseguir remover nódoas de azeite e óleos de forma eficaz e sem problemas.



Deixe um Comentário