Como remover nódoas de suor

Certamente que sabe o quanto podem ser chatas as nódoas de suor.

Não há incómodo maior do que querer vestir aquela camisa e ter uma enorme mancha amarela provocada pela transpiração que não foi bem retirada na última lavagem e que com o decorrer do tempo foi-se tornando cada vez mais intensa.

Este problema ainda se torna mais frequente com a roupa de desporto. Mas não deixe de praticar desporto por causa das nódoas de suor, pois temos boas sugestões para as conseguir remover.

Dicas de limpeza

Em primeiro lugar, convém perceber se as manchas que temos na roupa são recentes ou são resultado da acumulação do suor. Se for o caso de não termos lavado depois das últimas utilizações, decerto que a acidez do suor começou a transformar a cor da camisola e a invertê-la para amarelo.

  •  Em geral, as manchas de suor desapare­cem com a aplicação das receitas indicadas para eli­minar as nódoas produzidas por Ácidos.
  • Atenuam-se muito as manchas passando-as com uma solução fraca, de amoníaco em água. A acidez da transpiração é neutralizada pelo com­posto alcalino que é ó amoníaco.
  • Dissolve-se cloreto de estanho em água, na pro­porção de ó°/o e, com o soluto, esfrega-se a parte man­chada do tecido, mas só ela, porque este sal, se tira as nódoas de suor, produz outras se contactar com uma parte não manchada.
  • Para evitar este inconveniente, é útil aplicar o so­luto com um pincel.
  • Lavá-las com um soluto aquoso de hipossulfito de sódio, a 5%.
  • Sendo antigas, eliminam-se esfregando-as leve­mente com ácido oxálico diluído em água, na pro­porção de 1O°/o.
  • As produzidas em tecidos vermelhos tiram-se rapidamente molhando-as com um soluto aquoso a l%, de protoclorureto de estanho, que só deve con­tactar com a mancha, para não prejudicar o tecido.


2 Comentários

Deixe um Comentário