Dicas para tirar nódoas em tecido e papel

Está com dificuldade em tirar nódoas em tecido e papel? Saiba que não tem de ser uma tarefa penosa nem impossível de concretizar.

Confira as dicas já abaixo.

 Passos para tirar nódoas

Dissolver 25 gramas de bioxalato de potássio em 900 gramas de água da cbuva, ou distilada, e juntar ao soluto 100 gramas de glicerina.

Aplica-se molhando a nódoa com este líquido, deixando secar e repetindo a operação até que a mancha .desapareça. Lavar, por fim, com água limpa.

Este produto pode conservar-se inalterável, por muito tempo, em frasco rolhado.

Outras dicas:

  •  Pincela-se a mancha com uma solução aquosa de ácido sulfúrico a 10%; ensopa-se, depois, de ferro–cianureto de potássio (prussiato amarelo) e, quando a nódoa se tornar azulada, imerge-se num soluto de soda cáustica a 5°/o.
  • Deitar sobre a nódoa um pouco de cremor tár­taro ((bitartarato de potássio) em pó; dez minutos depois, esfregá-la com um pano e lavá-la com muita água.

Este processo tem a vantagem de não alterar a cor dos tecidos, o que não sucede com os ácidos.

 

  • Sendo os tecidos de cor, molha-se e esfregasse a nódoa com uma esponja embebida de ácido clorí­drico diluído em água, a 1%. O tratamento deve ser rápido para que o tecido não se estrague.
  • Molhar a nódoa com uma solução de protoclorureto de estanho a 2% e passá-la a ferro; em se­guida, lavar com sumo de limão e enxaguar com água limpa.
  • Colocar o tecido manchado sobre uma vasilha redonda contendo água a ferver em que se dissolveram alguns cristais de ácido cítrico.

A parte manchada deve mergulhar na água. Re­tira-se uns 10 minutos depois e esfrega-se com um pequeno bocado de madeira aplainada.

Se a nódoa persistir, continue-se a esfregar até que desapareça.

Lavar, por fim, muito bem, com sabão ou amo­níaco, para eliminar os vestígios do ácido cítrico,

  • Molha-se a nódoa com água simples e polvilha-se com ácido oxálico, deixando-o em contacto com a mancha durante 10 minutos, esfregando-a, de vez em quando, com o dedo. Finalmente, lava-se com água comum.
  • Deita-se por cima da mancha ácido oxálico em pó e expõe-se, depois, à acção do vapor de água, até qüe se elimine a nódoa. Lavar, em seguida, com água quente.
  • Lavar com um soluto aquoso de ácido oxálico a 10%, e depois, com outro de carbonato de cálcio a 5%.
  • Lavar com uma mistura, em partes iguais, de ácido oxálico e cremor tártaro.
  • Embeber a nódoa de um soluto de 4 gramas de ácido oxálico e igual quantidade de ácido clorídrico, em 90°/o de água.

Se as nódoas forem profundas, empregam-se 85 gramas de água, 5 de ácido oxálico e 10 de ácido clo­rídrico.

Os solutos usam-se a quente.

  • Dissolver 20 gramas de sal de azedas (oxaíato ácido de potássio) em 88o gramas de água e filtrar.
  • Humedecer as nódoas com este líquido e esfregá-las, com frequência, durante 2 a 3 horas. Por fim, lavá-las com água simples.
  • Desoxida-se a nódoa untando-a com qualquer gordura derretida, mantendo-a, durante algum tempo, a calor moderado. As nódoas desaparecem comple­tamente lavando-as, depois, com água levemente aci­dulada pelo ácido sulfúrico.
  • Escorrer, para uma colher de prata, o sumo de um limão, aquecê-lo e lavar a nódoa com o sumo quente.
  • Molha-se e esfrega-se a nódoa com uma solução aquosa de tanino, a 5%; seis horas depois, lava-se com água simples, em seguida, com água e sabão e, finalmente, com um soluto de ácido oxálico, a 5%. Passadas outras 6 horas, lava-se com abundante água simples. Este processo é o melhor para as nódoas na roupa branca.
  •   Sendo as nódoas antigas, molhá-las com uma solução de sulfureto de potássio ou de sódio, em água, a 5%, e, logo que a nódoa adquire um tom verde-escuro, deixa-se cair nela uma gota de ácido clorídrico puro diluída em igual volume de água e a nódoa desaparecerá. Lava-se, depois, o tecido com “bastante água e sabão e, a seguir, com água simples.

Se a nódoa persistir, repetir o tratamento.

Com estas dicas para tirar nódoas em tecido e papel, o processo de limpeza vai tornar-se muito mais simples e eficaz.



Deixe um Comentário