Limpeza da Água do Aquário

Porquê escolher ter um Aquário em casa?

Um aquário é indubitavelmente um objecto de bastante interesse e confere um certo ambiente de calma e relaxamento, agradando também a crianças de todas as idades. Além disso, um bonito aquário bem tratado pode ser a inveja de qualquer convidado. E, claro, se for um amante de peixes a escolha é quase um passo natural a tomar.

Limpeza de Aquário

Porém, muitas vezes esta ideia de ter um aquário é adiada ou descartada por estar associada a um imenso trabalho de manutenção, mas isso não passa de um mito. Um aquário bem montado dá muito menos trabalho que outros animais domésticos, como por exemplo, um coelho de colo ou mesmo um hamster. Com as ferramentas próprias, a limpeza desta mais valia caseira torna-se mais acessível e, nos dias de hoje, os custos de manutenção são bastante mais moderados do que costumavam ser.

Limpeza de Aquário

Limpeza da água do Aquário

Como é óbvio, a água é um ponto fulcral para a vida subaquática e, como tal, deve de ser mantida bem limpa e protegida de todas as impurezas. A opção mais prática para estes casos será, talvez, o uso de um mecanismo de filtração. Há que no entanto ter em conta que este sistema não vai substituir a mudança parcial da água, tornando-a apenas menos necessária e logo menos frequente. Isto porque é preciso renovar o oxigénio da água e também porque estão a entrar constantemente substâncias que podem conspurcar a qualidade da água.

Melhorar qualidade de água do Aquário

Devo de acrescentar que de forma a melhorar a qualidade da água, em conjunto com o filtro, é possível adquirir produtos capazes de eliminar essas tais substâncias nocivas, o que facilitará substancialmente a qualidade da água. Numa boa loja de animais é possível escolher o produto que mais se adequa ao seu aquário e aos respectivos habitantes.

Passaremos então a alguns conselhos simples para uma melhor manutenção do filtro do seu aquário:

  • o mecânismo de filtragem é constituído por um bloco de esponja com diversas camadas de diferentes espessuras. É aconselhado a lavar-se regularmente (uma vez por semana, basta) a primeira camada do bloco. Há que ter atenção quanto à lavagem da esponja; é apenas a primeira camada que exige essa limpeza! Deverá evitar recorrer a materiais químicos na lavagem, pois pode trazer consequências fatais para os seus peixes. A água tépida, de preferência corrente, será o ideal neste caso.
  • o filtro nunca deverá de ser desligado por mais de 30 minutos seguidos.
  • não é aconselhado que o material filtrante seja substituído todo de uma só vez.

E aqui tem! Com este pequeno conjunto de dicas, a manutenção do seu material filtrante torna-se muito menos exigente. Assim, pode chegar a casa sem se preocupar com a água suja que tem de ser mudada, mas apenas sentir os efeitos relaxantes e anti-stressantes que é possível retirar de um aquário cheio de peixes e plantas subaquáticas. Que forma agradável de começar e terminar o dia, não lhe parece?

 



Deixe um Comentário