Limpeza de condomínios

Hoje em dia, vivemos principalmente em prédios e condomínios, espaços que dispõem de áreas comuns que devem ser regularmente bem limpas.

Para a boa manutenção destes espaços, as limpezas devem ser programadas, incluindo não apenas as áreas comuns, mas as próprias estruturas comuns a todos os habitantes.

A manutenção do condomínio não é algo complicado nem extremamente caro. Não é preciso gastar muito dinheiro com produtos dispendiosos ou de difícil aplicação. Exstem já produtos acessíveis, mas não caia no erro de pensar que o mais barato é o melhor, pois poderá acabar por lhe sair mais caro.

Confira algumas dicas para limpeza de condomínios já de seguida.

 

limpeza-condominios

 

Produtos como o cloro devem ser usados com moderação, pois os odores dos químicos podem causar irritações na pele e olhos, dores de cabeça, alergias e intoxicação. Será sempre necessário orientar os profissionais que se vão encarregar da limpeza, no sentido de usarem os produtos da maneira mais correta.

Produtos de limpeza

Um tipo de produto muito pouco usado é a cera acrílica impermeabilizante, tal como detergentes ou mesmo desinfetantes concentrados, mas deverão ser utilizados à proporção de 1:400.

Consoante a área do condomínio, também irá variar a necessidade de limpeza frequente. Por exemplo, escadas e pátios necessitam de uma limpeza muito regular, mas polimentos de garagens já não tanto como isso.

Todo e qualquer serviço de limpeza de condomínio deve ser previamente acordado com a Administração, de modo a conseguirem-se os  melhores resultados, ao menor custo possível.

A limpeza deve ser feita em todos os elevadores, vidros ou espelhos dos elevadores e das portas de entrada do edifício. Outros locais que não deverão ser esquecidos são as entradas de acesso às garagens, o próprio piso de entrada e também as escadas interiores de acesso.

Mas ainda existem mais áreas que grande parte das vezes são esquecidas, como os interiores dos armários dos contadores do gás e eletricidade, remover publicidade e limpeza de cola das portas. Nunca esquecer as zonas de acesso nem as zonas técnicas.

Como sítios de passagem de todos os agregados familiares condóminos, os parques de estacionamento deverão também ser alvo de limpeza. Para tal não devem deixar de ser alvo de inspeção para recolha de lixo solto.

Mesmo na zona exterior anexa ao condomínio, deverá ser feita a recolha dos contentores de lixo na rua.

Posto isto, os produtos mais usados numa manutenção e limpeza de um condomínio são os desinfetantes, os detergentes e as ceras. Produtos mais específicos como os produtos de limpeza de vidros e multi-uso também não devem nunca ser esquecidos, e por isso mesmo também são produtos muito procurados nesta área. Mas em todos os casos deve-se ter muito cuidado, pois em muitos casos o cheiro a limpeza pode significar ser tóxico devido aos componentes químicos dos produtos utilizados.

Os desinfetantes, por terem uma função de eliminar bactérias e de impedir o seu desenvolvimento, deverão ser usados nas quantidades referidas nas próprias embalagens e não mais do que isso.

No campo dos detergentes, sejam eles de que tipo forem, por serem produtos tensioativos, têm uma função de suspensão de sujidades, pelo que também deverão ser alvo de um manuseamento atento.



One Response

  1. Tânia. Barros Reply

Deixe um Comentário