Limpeza de cristais


Se você utiliza cristais no seu dia-a-dia, é importante que preste a máxima atenção à ‘’saúde energética’’ dos mesmos.

 

O uso diário de um cristal exige que este seja limpo pelo menos uma vez por mês, ou até mais. Existem vários métodos eficientes para limpar um cristal, vamos ver alguns deles.

 

Confira as dicas para a limpeza de cristais!

 

Dicas de limpeza

  • cristaisDefumar o cristal em incenso de sândalo: Este é sem dúvida alguma um método bastante eficaz. No entanto, a escolha do incenso deve ser bastante criteriosa. Infelizmente, o mercado português possui uma grande quantidade de incensos de péssima qualidade, que são preparados de uma forma leviana, acabando por ser um contra quando o incenso é utilizado para a limpeza de cristais. Vários profissionais aconselham a utilização única e exclusiva dos incensos de sândalo originais Nag Champa Agarbatti (mesmo assim você deverá procurar o selo de qualidade na caixa do produto para confirmar que não é uma imitação). O processo de limpeza é bastante simples. A primeira coisa que tem de fazer é acender o incenso, depois segure no cristal em cima do fumo. Mantenha sempre a sua máxima concentração e tenha o cuidado de não possuir pensamentos antagónicos enquanto realiza o processo.
  • Mergulhando o cristal em água e sal: Este método não pode ser aplicado nos seguintes cristais: selenite, lapis lazuli, turmalina, sodalite, pirite, alabastro, crisopraso, crisocola, calcites, hematites e os geodos de uma forma geral. Este é claramente o método ideal para as pessoas que não possuem acesso à selenite. Num copo com cerca de 10cl de água limpa (poderá utilizar água da torneira que se encontra nas grandes cidades, no entanto, a opção ideal é utilizar água engarrafada que é mais pura) junte 3 colheres de sobremesa cheias de sal grosso (pode utilizar sal grosso de cozinha ou marinho, se por acaso usar flor de sal basta colocar 1 colher). Depois mergulhe cerca de 5 cristais nesta água com sal e deixe-as mergulhadas por cerca de 8 horas (poderá ser mais). Depois de este passo estar feito, enxague os cristais com um pano limo ou, preferencialmente deixe secar à luz natural do sol.
  • Solarização ou lunarização: A solarização é totalmente proibida para pirites, hematites e turmalinas. No caso da lunarização não se podem utilizar pedras que foram fabricadas de uma forma artificial pelo homem, como por exemplo a opalite (que é conhecida como a pedra da lua em Portugal), pedra do sol, pedra do fogo e aqua aura.  Este é sem dúvida alguma um dos métodos mais simples, pois basta você deixar as pedras ao ar livre recebendo luz proveniente do sol (solarização) ou da lua (lunarização), nunca por menos de 5 horas. A escolha da versão que deve utilizar baseia-se principalmente na sua intuição lembrando que o sol representa o yang e a lua o yin. Apenas uma pequena dica, se você desejar solarizar um cristal, deve ter o cuidado de o remover do local de limpeza antes da luz lunar começar, e vice-versa.

Com estas dicas vai poder fazer a limpeza de cristais de forma bastante eficaz.


Nome : Email :

Escreva a sua dica

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *